unnamed

Todos nós temos a tendência a nos acomodar a situações, mesmo que não sejam agradáveis ou satisfatórias.
A isso se chama zona de conforto, mas há também um des-conforto, no sentido de que muitas vezes nos acomodamos em sofrimentos conhecidos.
Já ouvi muitas mulheres dizendo que estavam profundamente insatisfeitas com seus casamentos, mas trocar de marido seria trocar de problema e elas preferiam ficar nos problemas conhecidos.
Muitas pessoas se acomodam em empregos, trabalhos e cursos que também não gostam, mas também não se animam a mudar, pela incerteza do futuro.
E assim muitas situações que nos causam um certo incômodo, mas não tão grande a ponto de estimular à mudança.
É importante que você perceba que ninguém, por mais que te ame, por mais que queira te ajudar, por mais que tenha boas sugestões a te fazer, vai conseguir te tirar dessa zona de des-conforto.
A iniciativa para as mudanças só depende de você! A partir daí sim, muita gente pode te ajudar a continuar.
E muitas vezes, embora pareçam difíceis e até impossíveis as mudanças, elas se tornam tranqüilas e fáceis desde que você decida.
Não há garantias, é verdade. Não posso afirmar que você vá ser mais feliz ou mais bem sucedido(a) caso escolha mudar. Mas posso garantir que você será mais forte, mais autoconfiante, com uma melhor autoestima, o que em si já é uma melhora.
Experimente! Há quem diga que a vida  começa no final da sua zona de conforto.
Anúncios